Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sábado, janeiro 14, 2017

Blog do Valter deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PREFEITO RECEBE REPRESENTANTES DO BID PARA DISCUTI...":



Gostaria de deixar bem claro, que o fato de ter postado esta matéria não significa que estou bajulando e nem procurando aproximação com esse cidadão de nome Darci Lermen que por acaso tornou-se prefeito de Parauapebas pela terceira vez.

Não tenho nenhum motivo para fazer esse tipo de papal característico de bajuladores e puxa-saco, porque o que eu largo por ruim não pego como bom nunca mais, até porque tenho motivo de sobra para não me aproximar desse cidadão, porque fui prejudicado por ele na Justiça Eleitoral como todos de Parauapebas já sabem, e em nenhum momento ele reconheceu o prejuízo que me causou, e tantas outras pessoas que ele prejudicou também ao longo dos seus 08 anos de mandatos, e já está prejudicando outras tantas pessoas no seu atual governo.

Postei essa matéria no meu Blog e fiz o comentário logo abaixo da mesma, em respeito a população desse município que ajudei a construir como um dos pioneiros do mesmo desde março de 1984, e não para promove-lo como o atual alcaide desta cidade, muito pelo contrário, publiquei com o objetivo de comprometê-lo diante da população em relação as suas promessas de melhoria do município para garantir uma melhor qualidade de vida a população parauapebense.

Ele para deixar de praticar tanta maldade com as pessoas, precisa se CONVERTER ao Senhor e Salvador Jesus Cristo, "nascer de novo" se transformando em uma "Nova Criatura", assumindo a identidade de um verdadeiro CRENTE em Jesus Cristo, assim como Zaqueu, o personagem bíblico que se converteu a Jesus Cristo e se dispôs a corrigir todos os seus erros praticados quando era ímpio e incrédulo tanto como esse senhor, que infelizmente é o prefeito de Parauapebas.



Igreja viva do Senhor e Salvador Jesus Cristo Valter Desiderio Barreto



Barretos, São Paulo, 14 de janeiro de 2014.

Nenhum comentário: