Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, maio 23, 2018

Greve dos caminhoneiros entra no 3º dia e causa reflexos no país

Paralisação afeta 23 estados brasileiros mais o Distrito Federal; Correios suspenderam entregas agendadas do Sedex em todo o país.



Por G1, São Paulo



Protestos de caminhoneiros começam a provocar falta de combustíveis
Protestos de caminhoneiros começam a provocar falta de combustíveis.
 

Pelo 3º dia seguido, nesta quarta-feira (23), caminhoneiros continuam protestando em rodovias federais e estaduais, além de vias importantes em 23 estados do país mais o Distrito Federal. Alguns atos ocorrem diante de refinarias, impedindo a saída de caminhões-tanque.

Veja os principais reflexos da paralisação:

Os caminhoneiros protestam contra a disparada do preço do diesel que faz parte da política de preços da Petrobras, em vigor desde julho.
Entretanto, a Petrobras anunciou nesta quarta que o preço do diesel deve cair 1,54% nas refinarias. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de cerca de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Caminhoneiros realizam protestos em estradas do país contra o aumento do preço do diesel
Caminhoneiros realizam protestos em estradas do país contra o aumento do preço do diesel
Pelo 3º dia seguido, caminhoneiros mantêm bloqueios em rodovias de Goiás em protesto contra alta do diesel (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Pelo 3º dia seguido, caminhoneiros mantêm bloqueios em rodovias de Goiás em protesto contra alta do diesel (Foto: TV Anhanguera/Reprodução).

Confira a situação nos estados:

Alagoas

Segundo os caminheiros, o protesto tem mais de 10 quilômetros de congestimento. 
O bloqueio é pacífico, os caminhões ocupam meia pista. 
Pelo bloqueio passam carros de passeio, ônibus e ambulâncias, além de cargas perecíveis.

Bahia

Caminhoneiros interromperam o trânsito em diversas rodovias da Bahia nesta quarta. Veja aqui os pontos de interdição.

Ceará

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes bloquearam um trecho da rodovia BR-116 nesta manhã, na altura do quilômetro 18, no município do Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. 
Os caminhoneiros impediram o fluxo de outros veículos de grande porte, como caminhões e carretas. Somente carros de passeio, motocicletas e ônibus são liberados para passar pelo trecho.

Distrito Federal

A greve afetou o abastecimento de postos do Distrito Federal. Até as 10h30, o problema havia sido identificado em cinco postos de quatro regiões: Asa Norte, da Asa Sul, do Lago Sul e de Taguatinga. 
Todos atribuem a falta do combustível aos protestos. 
Caminhoneiros fecharam parte de rodovias federais no Distrito Federal na manhã desta quarta-feira (23). 
Até as 11h10, caminhões bloqueavam trechos das BRs 020, 060, 070 e 080 e impediam que outros motoristas – inclusive de carros de passeio – passassem pela região.

Espírito Santo

Caminhoneiros continuam a fazer manifestações em pontos da BR-101, BR-262 e BR-259. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o bloqueio é feito apenas para caminhões.

Goiás

São 18 trechos onde o tráfego está impedido para veículos de carga nesta manhã, de acordo com a PRF. Os manifestantes afirmam que só vão liberar os pontos após negociação para redução do valor do produto, além da aprovação de uma lei que cria um valor mínimo para o frete para categoria.

Minas Gerais

Nesta quarta, no km 485 da Rodovia Fernão Dias, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, os caminhoneiros ocupam os dois sentidos da rodovia, mas o trânsito não é afetado porque há passagem em ambos os sentidos para outros veículos.

Maranhão

Todas as manifestações acontecem sem interdição de rodovias e valem apenas para veículos de carga. 
Os outros tipos de veículos estão liberados.

Mato Grosso

Oito pontos de protesto são registrados nesta manhã nas rodovias federais de Mato Grosso. Os manifestantes colocaram cartazes, pneus e galhos sobre a pista.

Mato Grosso do Sul

Há 17 trechos interditados no estado. Atos no Mato Grosso do Sul contam com a participação de caminhoneiros do Paraguai e da Bolívia.

Pará

Após dois dias de paralisação, os supermercados já começam a ficar desabastecidos, além de outros serviços. 
Os caminhoneiros decidiram liberar totalmente o trânsito na rodovia BR-316, em Benevides, região metropolitana de Belém, depois que a Justiça Federal determinou a retirada dos veículos que estavam bloqueando parcialmente a via. A negociação foi feita pela Polícia Rodoviária Federal.

Paraíba

 No trecho próximo das Três Lagoas, na altura do bairro de Oitizeiro, os dois sentidos das vias estão bloqueados com caminhões. 
Apenas carros de passeio estão sendo liberados. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um local foi liberado desde noite desta terça-feira (22) e todas as interdições são parciais.

Paraná

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia 70 pontos de protestos nas estradas federais que passam pelo estado no início da tarde desta quarta. 
Nas estradas estaduais, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), eram 95 pontos de manifestações, por volta das 15h. Veja a lista completa de onde ocorrem as manifestações nas rodovias estaduais no Paraná.

Pernambuco

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Sertão Pernambucano há registros de paralisações na BR-407 em Petrolina-PE, na BR-428 entre Petrolina-PE e Lagoa Grande-PE, além da BR-316 nas cidades de Araripina, Paranamirim e Ouricuri. 
A diminuição ocorre na manhã da quarta (23) e equivale a menos 200 coletivos circulando na área, ou seja, a frota utilizada é a mesma empregada durante as férias de janeiro. 
Segundo o órgão, a redução é uma medida emergencial para evitar o desabastecimento de óleo diesel nas empresas que gerenciam o transporte público.

Piauí

Um grupo de caminhoneiros se reuniu nesta manhã na na BR0-316, no bairro Saci, na Zona Sul de Teresina, para protestar contra o aumento do preço dos combustíveis. 
A manifestação começou por volta das 6h, e nenhuma via foi bloqueada pelos caminhoneiros.

Rio de Janeiro

 O diesel não chegou às garagens de ônibus, e motoristas enfrentaram filas em vários postos na madrugada desta quarta-feira (23). 
Às 6h53, caminhoneiros chegaram a bloquear quatro faixas da Avenida Brasil, no trecho entre Jardim América e Parada de Lucas, em direção ao Centro do Rio, interrompendo totalmente o trânsito. 
O RioÔnibus, entidade que representa as empresas do setor, alertou na terça (22) que as ruas do Rio teriam menos veículos circulando. No Ceasa, alguns alimentos já registram alta nos preços por causa da dificuldade no transporte. 
Na Região dos Lagos também há paralisações, assim como nas rodovias do Sul do Rio de Janeiro. 
Caminhoneiros bloqueiam a RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto) parcialmente nesta manhã em Maricá. O protesto é na altura do km 30, nos dois sentidos, tanto São Gonçalo quando Saquarema. 
As rodovias do Norte Fluminense também foram atingidas pela greve dos caminhoneiros. Há protestos nesta manhã na BR-101, em em Campos dos Goytacazes. 
O ato começou por volta de 6h30 no acostamento dos dois sentidos da rodovia, na altura do quilômetro 75, sem interferir no tráfego.

Rio Grande do Norte

Em mais um dia de protestos contra os constantes aumentos no preço do óleo diesel, caminhoneiros bloquearam um trecho da BR-304 na cidade de Mossoró, na região Oeste potiguar. 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, pneus foram colocados sobre a pista na altura do Km 33 da rodovia por volta das 8h30. Apenas uma faixa, em cada sentido, está livre para o trânsito.

Rio Grande do Sul

A paralisação começa a refletir no abastecimento de combustível em Pelotas, no Sul do estado, e também em Uruguaiana, na Fronteira Oeste.  
Durante a manhã motoristas de caminhão e de aplicativos se uniram para bloquear o acesso à refinaria Alberto Pasqualini (Refap) em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. 
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) são registrados diversos pontos de concentração de caminhoneiros em rodovias federais do Rio Grande do Sul, mas nenhum deles com bloqueio.

Rondônia

Na manhã desta quarta, as BR-319 e BR-429 também foram interditadas. Os bloqueios já acontecem em 11 pontos em municípios de Rondônia.

Roraima

O protesto ocorre no perímetro da BR-174 em Boa Vista. Um dos organizadores da greve no estado, Aquila Costa disse ao G1 que a paralisação continua e não há data para encerrar. A paralisação não fecha as vias no estado.

Santa Catarina

Os caminhoneiros voltaram a passar a noite às margens das rodovias e até as 7h30 pelo menos 31 pontos de atenção nas rodovias em Santa Catarina eram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

São Paulo

Os manifestantes atearam fogo em pneus e o congestionamento se estendia por 6 km no sentido São Paulo por volta das 7h.
Nem só a capital foi atingida pela paralisação que ocorreu também em cidades do interior e do litoral de São Paulo. 
Em Bauru, os manifestantes se concentraram no km 536 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) por volta das 5h desta quarta. Há cerca de 50 caminhões parados no acostamernto da rodovia. 
No Vale do Paraíba, o ato acontece em pelo menos 11 pontos nas cidades de Jacareí, São José dos Campos, Caçapava, Pindamonhangaba e Lorena. 
Em Mogi das Cruzes, a manifestação ocorre no Distrito do Taboão, próximo da Rodovia Mogi-Dutra. Os caminhoneiros estão reunidos desde às 3h30, e devem continuar no local ao longo do dia. 
Em Santos, os caminhoneiros permanecem realizando protestos nos acessos ao Porto de Santos. Nesta quarta-feira, a categoria se reúne na Alemoa, entrada para os terminais do lado de Santos, e também na Rua do Adubo, que dá acesso aos terminais da margem esquerda, no Guarujá. 
Em Campinas, a PM precisou intervir após caminhoneiros bloquearem a entrada de outros profissionais na Refinaria de Paulínia. 
Proprietários de postos de combustíveis de Campinas e região confirmaram ao G1 que a entrega de produtos não ocorreu na madrugada e nesta manhã e os estoques são suficientes para um ou dois dias. 
Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas (Recap), alguns caminhões não conseguiram entrar na refinaria devido ao bloqueio de outros motoristas. 
Na região de Ribeirão Preto e Franca também há protestos, com manifestações nas rodovias Brigadeiro Faria Lima e Armando Salles de Oliveira, em Bebedouro. 
Em Guará (SP), manifestantes ocupam a região do terminal de açúcar, que fica ao lado da Rodovia Anhanguera. Já em Monte Alto (SP) caminhoneiros estão concentrados na região do distrito industrial, no trevo da Rodovia José Pizarro. Em Ribeirão Preto (SP), motoristas fizeram um ato no terminal de petróleo.
 
No trecho da BR-153 em Rio Preto, caminhoneiros pararam em uma faixa da pista no trecho urbano da cidade, perto da represa municipal. 
Na BR-153 também, na Central de Cargas, cerca de 30 caminhões ocuparam uma das faixas da rodovia. 
Em José Bonifácio (SP), mesmo com uma liminar da Justiça, cerca de 20 caminhões fizeram protesto no trevo da cidade, segundo a Polícia Rodoviária Federal.
Em Santa Adélia (SP) este já é o segundo dia de paralisação. Cerca de 50 motoristas se concentraram no pátio de um posto de combustíveis às margens da principal rodovia que liga região a São Paulo. 
Na rodovia Euclides da Cunha, protestos aconteceram em Santa Fé do Sul (SP). Cerca de 100 caminhões ficaram estacionados em frente a um posto de combustíveis. 
Em Tabapuã (SP), cerca de 100 caminhoneiros ficaram parados na chegada à cidade, na rodovia vicinal que liga a Catiguá (SP). 
Em Urânia, pelo menos 20 caminhões e carretas ficaram parados no acostamento próximo a uma das entradas da cidade. 
Caminhoneiros também protestaram em estradas nas cidades da região. Um grupo fez manifestação no trecho da rodovia Euclides da Cunha, no trecho perto de Bálsamo (SP).

Sergipe

Um trecho da BR-101 no Povoado Pedra Branca, no município de Laranjeiras, está interditado nesta quarta. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) só está sendo permitida a passagem de veículos de passeio, ambulâncias e veículos com cargas vivas e perecíveis. 
A paralisação está prejudicando a oferta de mercadorias na Central de Abastecimento do Estado de Sergipe (Ceasa), em Aracaju. 
O recolhimento de lixo na capital do estado também foi afetado, além das operações dos Correios no estado.

Tocantins




Ao menos oito trechos de rodovias federais estão bloqueados, impedindo a passagem principalmente de caminhões. 
Em Palmas, os supermercados já começam a sentir os reflexos do movimento. Postos de combustíveis também enfrentam falta de produtos, segundo o sindicato da categoria. 

COMENTÁRIO:

Parabéns caminhoneiros !
Vocês são a mola mestre de uma nação.
Vocês são os grandes atores responsáveis pelo abastecimento de um país, transportando riquezas para os quatro cantos do mundo.
É a única categoria profissional que tem capacidade de parar uma nação inteira, é a categoria dos bravos, e heróis caminhoneiro. 
Que essa manifestação em prol do direito de "ir e vir" dos brasileiros, se estenda por tempo indeterminado, até que esse governo federal ilegítimo, tome providência em reduzir o preço dos combustíveis para o bem da nossa nação e do seu povo, embora todo o povo brasileiro tem conhecimento que esses aumentos abusivos, tem como principal objetivo, abastecer o caixa de campanha eleitoral, para o Michel Temer eleger o seu sucessor no próximo de 7 de outubro do ano em curso. 

Valter Desiderio Barreto. 

Estado do Pará, 23 de maio de 2018.



711 comentários na página do G1.


    Edivan Costa

    Parabéns a todos os caminhoneiros pela grande contribuição que eles estão dando para todos nós, já chega de sermos tosquiados como ovelhas, o país em crise o povo sem emprego, e eles mesmos assim sobem imposto, para tampar um buraco que eles mesmos criaram, políticos corruptos.


Campos

Vou aderir! Vou pegar meu caminhão, soltar a música "Robin Zander - In This Country" da trilha sonora do filme "Falcão - O Campeão dos Campeões" enquanto dirijo e invadir o planalto central e derrubar alguns pinos de colarinho branco! E no para-choque do caminhão vai estar escrito esse dialogo do filme: "- Se eu fosse com você, onde chegaríamos? Onde iríamos terminar? - Juntos. É tudo o que posso garantir."

Rodrigo Nahar

Queda já do Planalto inteiro


Mauro Ribeiro

E o Brasileiro tem que protestar por outras coisas também, só ricos, políticos e banqueiros tem direitos garantidos nesse país





Maria Santos

Vamos fazer como os caminhoneiros minha gente, vamos parar esse brasil, até que esses roubos do nosso dinheiro tenha um fim,não podemos ficar pagando essas fortunas em IPVA/IPTU,todos os anos para assegurar a vida boa desse povo, que querem viver como reis, vamos dar um basta nisso,pagamos impostos altos de carros que não valem mais nada, imóveis que não se consegue vender,tudo isso para garantir a eles todas essas mordomias....

Johnjohn

Perfeeeeitooo Maria


Maria Santos

Tem que matar esse gilmar,ele soltou outra pessoa



Thiago Bernardes

Ao resto do p0vo, uma lição: Não há vitória sem lut4! Solidariedade e força aos caminhoneiros!


Nelson

Muitos veículos de comunicação estão focando as consequencias da greve e passando os caminhoneiros como VILÕES DA SITUAÇÃO, sendo que estes já estão pagando para trabalhar.........


Pátria Patriota

Ué!!!....Mas não era só fazer o impeachment e prende o L.ula que tudo se resolvia???....Há 17 meses quando do impeachment a gasolina custava R$ 3,09 hoje custa R$ 4,70....O gás custava 47 hoje custa 70, tinha 19 milhões com o nome negativado, hoje são 67 milhões ( 46% da população adulta), eram 9 milhões de desempregados, hoje são 27 milhões.....Os coxinhas merecem a grande articulada e perigosa quadrilha que está no poder.....Onde anda o povo adestrado pelo MBL, Pato da FIESP e RedeBobo....Agora que o país tá em ruínas, estão discutindo futebol, novela, BBB e o sexo do PabloVittar???...

nayara

Enquanto a população é dividida em 2 lados, TODOS os políticos se unem, se entendem para continuar roubando dos cofres públicos, deixando a população na miséria! Por favor, pensem se até agora deu certo essa separação entre ''direita'' e ''esquerda''... não deu... Sabe por que? porque isso é só uma manipulação para as pessoas focarem em superficialidade, brigarem entre si, deixando os políticos (de todas ideologias) livres para fazerem o que quiser com o dinheiro público! Acordem, gente, parem com esse Fla x Flu ridículo na política! Isso não ajuda em nada a população!!!


Gabriel Jesus

Também penso da mesma forma Nayara, está na hora de nós trabalhadores honestos, criar e defender nossa própria ideologia!



Carlos Diniz

Parabéns aos caminhoneiros! Pela luta, homens de coragem

Erick Libras!

Parabéns caminhoneiro, o caminhão serve pra tudo que tudo transporta nesse país, graça a Deus que esse guerreiro na estrada acordou, vamos na guerra!!!

Osvaldo Morais

To gostando destes protestos, porque não vejo bandeiras dos vermei, pelo menos até agora. Estão de luto, pela prisão do chefão.

Sergio Silva

PARABÉNS CAMINHONEIROS...SOMOS TODOS COVARDES ...SE NÃO FOSSE ESTARÍAMOS APOIANDO / ENGROSSANDO A GREVE EM OUTROS SETORES...SÓ VOCES CONSEGUEM PARAR O BRASIL...SE FOSSEMOS VERDADEIRAMENTE UNIDOS MUITA COISA QUE RECLAMAMOS TODOS OS DIAS JÁ TERIA MODIFICADO PRÁ MELHOR NESTE PAIS.

Mente Obscura

A verdadeira vilão é a Petrobras que aumenta abusivamente os valores de combustíveis, isso tem que ficar bem claro, a culpa de tudo isso é de credito a Petrobras.

nayara

politicagem envolvida


Mente Obscura

Boa Nayara, sabe o que acontece Brasileiro é muito cozido pra eles tudo ta bom, no meu comentário estou defendendo a população e atacando quem esta aumentando a gasolina, mesmo assim tem alguns xucros da vida que colocaram negativo ! De que lado estão ? da população ou dos corruptos ?



Jackson Meira

Tem que rolar uma manifestação para todo político receber um salário mínimo. Dessa forma pode ter certeza que 95% deles trocariam de "emprego".

nayara

ruim é que com manifestação ou não essa iniciativa deve partir do governo, assim mto dificilmente (na minha visão impossível) acontecerá. Infelizmente. O governo argumenta que esses aumentos nos preços é p cobrir ''rombo'', gente, não caiam nessa, eles aumentam unicamente com o propósito de lucrarem nisso, o governo poderia aumentar tudo neste momento, ainda assim seria insuficiente porque eles não sabem administrar, e mais que isso iriam desviar boa parte dos recursos p interesses pessoais.


Anderson Alves
há 3 horas
Batam panelas que resolve kkkk

Rcc

vota no p.i.t.e que resolve.... volta a D.i.l.m.a.n.t.a... herança de vcs mortadela...


nayara

Enquanto a população é dividida em 2 lados, TODOS os políticos se unem, se entendem para continuar roubando dos cofres públicos, deixando a população na miséria! Por favor, pensem se até agora deu certo essa separação entre ''direita'' e ''esquerda''... não deu... Sabe por que? porque isso é só uma manipulação para as pessoas focarem em superficialidade, brigarem entre si, deixando os políticos (de todas ideologias) livres para fazerem o que quiser com o dinheiro público!



Bormann

PARABENS A ESSA CLASSE SOFRIDA. ROUBARAM A PETROBRAS E AGORA O POVO QUE VAI PAGAR A CONTA, E FACIL. QUANTOS FUNCIONARIOS FANTASMA EXISTE NESSA EMPRESA......QUANTOS BILHOES OU TRILHOES NAO FORAM SURRUPIADOS DURANTE ANOS.

Rafael Alves

Parabéns aos caminhoneiros por essa manifestação, sabemos que teremos alguns prejuízos, porém esta é a unica forma de mexer com todos, como a população já é saqueada na cara dura pela governo a alguns "VÁRIOS'' anos, sendo o único prejudicado. Aqui não precisamos defender azul ou vermelho precisamos sim ser Brasileiros e enxergar que o povo realmente tem força...

Daniel Neto
há uma hora
Prejuízos faz tempo



Rafael Silva

Esse protesto prejudica até os assaltantes de carga da cidade do rio de janeiro :D

Cabofriense Revoltado
há 3 horas
KKKk Boa!


nayara

será q eles farão greves tbm?! kkkk



Daniel Neto

Estamos cansados destas más administrações só roubalheira basta



Severino

Volta Kerida!

Saulo Weslei

A corrupção na Petrobras que gerou isso começou no governo 9 dedos.


nayara

Gente, esqueçam por um segundo esse FlaxFlu que a política brasileira ficou reduzida!!!!! Isso não beneficia o povo. Tentem exergar isso! Corrupção no Brasil sempre existiu! A corrupção na petrobrás data desde o século passado! Por favor, parem de defender políticos que apenas sorriem da cara de vcs!!!!



Rodrigo Silva

Linda noticia parabéns a todos os nossos caminhoneiros porque é só assim pra mudar tudo.



 
Adanison Bernardes

Uma coisa eu tenho certeza, se a paralisação continuar, os parasitas que estão "governando" aqui em Brasília não vão ter como sair da Capital como eles fazem todas às quintas feiras, pois a previsão de combustível do Aeroporto de BSB é se findar ainda hoje! Todos Caminhoneiros e afins tem total apoio da população de "bem" do País! Mantenham-se firmes Guerreiros!!!

João Silva

Vão usar os aviões da FAB.



Francisco Bruno

Hoje parei para ler os comentários dessa noticia e percebi uma coisa! O porque o Brasil está assim. A grande maioria dos comentários são pífios para não dizer pior, então se essas pessoas votam, estamos fadados a ser essa republica porcaria para sempre! Acho que o lema da bandeira deveria ser: Para quem gosta de porcaria aqui é um prato cheio! 

Wagner Silva

PARALISAÇÃO TOTAL JÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!ACORDA BRASIL!!!!!!!!!!!!!!


Sam

Tem que parar td, a população tem que se unir aos caminhoneiros e mostrar quem manda nesse país. Chega de tanto desmando desses corruptos sanguessugas da nação. Os caminhoneiros conseguem parar o país, imagina com o apoio da população. ..PARABÉNS A TODOS OS CAMINHONEIROS! !

Girlan Fernandes

Sam vai arrumar uma trouxa de roupa para lavar.


Allan Pinheiro

Eu apoio !!! Greve Geral !!!!



Neo

Se continuar assim, sabado ninguém vai sar de casa pois não terá gasolina e segunda ninguém trabalha. Terça já começa faltar alimentos nos mercados na quarta começa o saqueamento das lojas e na sexta inicia-se uma guerra civil. Tic Tac, abaixa o imposto ou arrisque uma guerra civil.

Neo

Marcelo Magalhães moto com tanque cheio dura muito tempo


nayara

o governo não ta nada preocupado com guerra civil. tal guerra jpa ocorre nos grandes centros urbanos, os homicídios e latrocínios aumentam a cada dia.