Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, abril 12, 2017

Em SC, universidade apura foto em que alunos de medicina fazem alusão a órgão sexual feminino


Episódio semelhante já havia sido registrado no Espírito Santo, onde instituição de ensino também abriu sindicância.

Segundo universidade, alunos que aparecem em foto são do último semestre (Foto: Reprodução/Facebook) Segundo universidade, alunos que aparecem em foto são do último semestre (Foto: Reprodução/Facebook)
Segundo universidade, alunos que aparecem em foto são do último semestre (Foto: Reprodução/Facebook) 

 
A Universidade Regional de Blumenau (Furb) informou nesta terça-feira (11) que instalou uma comissão para apurar o caso de uma foto, que circula nas redes sociais, em que cinco estudantes do último semestre de medicina da universidade fazem um gesto em alusão à genitália feminina. 
Um episódio semelhante ocorreu no Espírito Santo, em que alunos de medicina da Universidade de Vila Velha (UVV) aparecem em uma foto publicada nas redes sociais vestindo jaleco, com as calças abaixadas até os tornozelos e fazendo o mesmo gesto com as mãos. 

Uma sindicância foi aberta, informou a UVV na segunda-feira (10). 
Em nota, a reitoria da Furb escreveu que "ao tomar conhecimento de imagem veiculada nas redes sociais de alguns estudantes em postura ofensiva à sociedade, incompatível com os valores que regem a nossa Instituição, repudia o episódio. 

Conforme nosso Regimento Geral, instalamos uma comissão para apuração dos envolvidos, obedecendo os preceitos legais". 
No Facebook, um post criticando a foto teve mais de 3 mil compartilhamentos em cinco horas: "Parece que os futuros médicos de Blumenau acharam bonito e resolveram imitar. 

Dá para parar ou é tão difícil assim ser ético?", escreveu a autora do post. 

O G1 procurou a jovem e pessoas que comentaram, mas não havia conseguido contato até a publicação desta notícia. 
A universidade não divulgou os nomes dos alunos envolvidos, mas confirmou que eles são estudantes do último período. 

Dois deles aparecem de jaleco e estetoscópio.
Além da assessoria de imprensa da universidade, a reportagem entrou em contato com o Centro Acadêmico de Medicina e com o Departamento de Medicina, e deixou contatos telefônicos e e-mail, mas nenhum dos estudantes que aparecem na foto havia se manifestado sobre o episódio até a publicação desta notícia. 

 
COMENTÁRIO:

Esses cinco imbecis já estão provando com essa atitude de desrespeito as mulheres, o tipo de
profissionais que serão quando estiverem atendendo suas pacientes.


As mulheres que se cuidem porque esses indivíduos podem ser a reprodução do médico
Roger Abdelmassih que foi condenado a 181 anos por estupro de 37 de suas pacientes.


 
Valter Desiderio Barreto

Nenhum comentário: