Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, novembro 02, 2016

Segup homenageia 15 agentes na primeira edição do 'Mérito Operacional'

01/11/2016 18:21h

Nesta terça-feira (1), no salão nobre do quartel do Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) promoveu a primeira edição do “Mérito Operacional” e fez a entrega do diploma a 15 agentes com atuação em instituições do Sistema Integrado de Segurança Pública. 

Do total de agraciados com o mérito, sete foram da Polícia Militar, três da Polícia Civil e dois do Corpo de Bombeiros. 

A Superintendência do Sistema Penal (Susipe), o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves tiveram, cada, um homenageado.

A mesa dos trabalhos foi presidida pelo titular da Segup, Jeannot Jansen. Estiveram presentes todos os gestores da secretaria. 

Ainda integraram a mesa o vice-almirante do 4º Distrito Naval, Alípio Jorge Rodrigues Júnior; o superintendente da Polícia Federal no Pará, delegado Ualame Machado, e o presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fasepa), Simão Bastos. 

Autoridades militares, políticas e integrantes das famílias dos agraciados estiveram presentes, além de alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

O critério de escolha dos indicados foi a avaliação da atuação dos agentes no terceiro trimestre de 2016, considerando ações contínuas e demonstração de profissionalismo, dedicação e eficiência, com resultados quantitativamente evidenciados. 

“Esse reconhecimento deve ser mantido. 

O diploma contempla 15 agentes, mas representa os cerca de 30 mil servidores da segurança pública. 

Essa condecoração não é da Segup, não é dos gestores, mas sim o reconhecimento da sociedade à dedicação e eficiência dos diplomados”, destacou Jeannot Jansen.

O sargento PM Jefferson Rodrigues foi um dos diplomados. 

O militar demonstrou grande desenvoltura operacional em missões táticas, como a negociação para a liberação de reféns e a prisão de criminosos. 

“Isso é o reconhecimento de um trabalho que fazemos em silêncio, o que nos deixa feliz. 

Demonstra que nosso trabalho não é em vão”, disse.

Um dos três diplomados da Polícia Civil foi o investigador Jango Souza, que rressaltou: “Isso é fruto de um trabalho feito ao longo dos anos, que nos enche de orgulho, com certeza”. 

Há 22 anos no Corpo de Bombeiros, o subtenente Raimundo Cardias opinou quanto ao reconhecimento: “É de grande valor essa homenagem. 

É o resultado da nossa dedicação, minha e de meus companheiros. 

Estamos para dar a vida por outra pessoa que nem conhecemos”.

O agente de fiscalização do Detran Ivan Feitosa foi outro servidor homenageado. 

“É o reconhecimento do trabalho e também um incentivo para que possamos desenvolver nossas atividades sempre com profissionalismo e seriedade”, frisou . 

A agente penitenciária Vanessa Santana da Silva Campos, servidora da Susipe em Parauapebas, no sudeste do Estado, foi a escolhida de todas as unidades que integram a superintendência. 

“Eu estou muito feliz e honrada, não esperava essa premiação. 

Fiquei emocionada quando recebi a ligação do gabinete informando que eu tinha sido escolhida. 

Estou muito agradecida”.

Há cinco anos atuando como perito criminal, Celso Felipe de Sá foi o escolhido do Centro de Perícias Científicas. 

Ele atua em Marabá, no sudeste do Estado, e já colaborou com casos de relevância, como as investigações em homicídios em Parauapebas e nos casos das mortes das aves durante os shows pirotécnicos durante as festividades do Círio de Nazaré. 

“Estamos satisfeitos com a premiação. 

É gratificante”, disse.

Por Sérgio Chêne









 Fonte: Agência Pará.

Nenhum comentário: