Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

domingo, novembro 13, 2016

Pais que ensinam suas crianças a tirar fotos fazendo gestos com a língua pode está abrindo caminho para pedófilos


O que está por trás de um simples gesto de tirar fotos mostrando a língua ?


Vou começar essa matéria fazendo uma observação muito importante para os amantes das redes sociais, principalmente o Facebook. 

Qualquer pessoa que se cadastra em redes sociais, passa a fazer parte de um veículo de comunicação virtual público, correndo todos os riscos que uma pessoa pública corre.

Isso quer dizer que à partir do momento que a pessoa faz uso desse veículo de comunicação para postar suas mensagens, fotos, vídeos, criar arquivos de fotos para armazenar nesses veículos de comunicação virtual, passa a ser de domínio público. 
 

A partir desse momento, qualquer pessoa que tiver acesso a essas redes sociais poderá ter acesso a todo material postado ou armazenado por qualquer usuário sem qualquer tipo de autorização, por se tratar de canais de comunicação de ordem pública, para compartilhar com quem desejar. 

Quem não desejar ter suas postagens compartilhada com qualquer membro de redes sociais é só não torná-las publica, que fique no seu privado. 
 
O Google é um exemplo disso, onde qualquer pessoa tem acesso das imagens que ali são postadas sem a exigência de autorização.

Estou fazendo este alerta, porque algumas mulheres que se cadastram no Facebook que se acham no direito de postar tudo o que deseja e o que quer, e quando alguém compartilha suas postagens, principalmente fotos seguida de algum comentário que não as agradam, elas também se acham no direito de reclamar que não autorizaram o compartilhamento de suas postagens. 


ATO DE POSTAR FOTOS MOSTRANDO A LÍNGUA

O ato de postar fotos mostrando a língua além de ser falta de educação é uma forma de adorar uma entidade do hinduísmo chamada Kali, além de em alguns casos, representar um jogo de sedução através de gestos com a língua, convidando alguém para a prática do sexo, principalmente oral, e se os movimentos com a língua for acompanhada com amostra do dedo, está indicando sua preferência também pelo sexo anal. 


Kali, do sânscrito Kālī काली (que significa, literalmente, A Negra), é uma das divindades mais cultuadas do Hinduísmo.



No paganismo.

Ela é a verdadeira representação da natureza e é também considerada por muitas pessoas a essência de tudo o que é realidade e a fonte da existência do ser. 

Deusa da morte e da sexualidade, Kali - cujo nome, em sânscrito, significa "negra" - é a esposa do deus Shiva, segundo o tântrismo é a divina Mãe do universo, destruidora de toda a maldade. 

É representada como uma mulher exuberante, de pele escura, que traz um colar de crânios em volta do pescoço e uma saia de braços decepados - expressando, assim, a implacabilidade da morte.


UMA PORTA ABERTA PARA OS PEDÓFILOS.
 
Uma criança que é ensinada por sua mãe ou por qualquer pessoa adulta a fazer gestos com a língua mesmo de forma "inocente", por brincadeira, essa criança vai acostumar com essa prática até a sua idade adulta, sendo que o mais grave é que pode surgir no caminho desta criança um pedófilo que pode ser até alguém da própria família ou um vizinho, que vendo essa criança fazendo os gestos com a língua de forma inocente, se aproxima dela, e passa a compartilhar os gestos com ela, até conquistar a sua confiança, lhe dando presentinhos, guloseimas e outros atrativos que crianças gostam, quando percebe que a criança está totalmente apegada a ele ou a ela, que pode ser mulher também, o abuso poderá ser consumado, como tem acontecido casos de mães abusarem sexualmente de seus próprios filhos, a exemplo do que aconteceu no Espírito Santo, que uma mãe perdeu na justiça o direito de ter seu sobrenome na certidão de nascimento dos seus quatro filhos por abusar sexualmente dos mesmos, conforme matéria que publicamos aqui na nossa "Revista Eletrônica".


As imagens que estamos publicando abaixo, não se trata de nenhuma denúncia,  serve apenas de um alerta, para que pai, mãe ou pessoas responsáveis pela educação de crianças, evitem brincar com as mesmas usando a língua conforme o que já abordamos aqui, com ilustrações de manuais de jogos de sedução sexual usando esse membro do nosso corpo, que se encontra disponível em sites da Internet.

Todas as imagens expostas nessa matéria foram extraídas do Google, Facebook e sites, sem nenhuma invasão de privacidade de ninguém. 

Quem se sentir prejudicado por ter suas imagens expostas nesta matéria, é só nos acionar judicialmente que temos como nos defender, porque a nossa intenção é apenas alertar as pessoas adultas que evitem abrir o caminho e a porta para os pedófilos, que tem como alvo nas redes sociais, seduzir e aliciar as  crianças e adolescentes que são mal instruídas pelos adultos que tem a responsabilidade de protegê-las desses maníacos sexuais.      










































Um comentário:

Gina Miuki Mikawa Barreto disse...

Essa matéria é muito importante que todas as pessoas que tem filhos ainda criança e adolescentes leiam, como também pessoas que não tem filhos, mas tem crianças e adolescentes na família.

O assunto abordado na matéria é muito sério porque se trata de um alerta sobre o crescimento de exploração sexual infantil e estupros contra crianças e adolescente por pedófilos, tanto do sexo masculino como o feminino que utilizam as redes sociais, principalmente o Facebook para aliciar e seduzir crianças e adolescentes para a prática do sexo, ou até mesmo para atos libidinosos induzindo-as a tirar fotos nuas, para enviar para esses criminosos virtuais espalhados no mundo inteiro.

A tática que eles usam para seduzir crianças e adolescentes para cometer esses crimes, é entrar nas pastas de usuários das redes sociais, e procuram fotos de adolescentes que se exibem com brincadeiras inocentes mostrando a língua, e que depois de adicioná-las em suas páginas, passam a trocar mensagens com as mesmas, e de forma sutil, conquistam a simpatia, e a confiança dos adolescentes, até o momento de entrar no assunto de sexo para testar a reação de suas vítimas em potencial, caso a reação de sua "presa" seja favorável as suas intenções, marcam encontros com elas para praticar abusos sexuais, e também convencem esses adolescentes, envolverem seus irmãos ainda crianças para tirarem fotos nuas, a troco de recompensa em dinheiro, ou objetos de interesses de suas vítimas, conforme depoimentos deles mesmo perante a polícia e a justiça, quando são presos.

Todos os dias podemos lê as manchetes sobre a prisão desses marginais que se espalham pelo mundo inteiro, mas que parece que a ação das autoridades contra esse tipo de crime não tem adiantado nada. Porque depois de soltos, eles voltam a cometer o mesmo crime. Por isso é muito bom a família que ainda tem filho criança e adolescente, ficar atento para qualquer comportamento diferente dos mesmos, porque pode ser que eles estejam sendo vítima desses criminosos impiedosos.

"Polícia prende 64 em operação contra pedofilia no interior de SP
Entre os detidos estão um professor de informática residente em Bálsamo e um docente aposentado de Guapiaçu, acusados de baixar na internet e manter material de pornografia infantil"

Polícia Federal prende 13 homens em SP acusados de pedofilia
Eles compartilhavam imagens pornográficas de menores de idade.
Mais de 50 mil fotos foram encontradas em CDs e DVDs.
Polícia da Espanha prende 56 suspeitos de pedofilia
Maioria dos suspeitos têm entre 40 e 60 anos; alguns já haviam sido presos pelo mesmo motivo

21 pessoas são presas em flagrante por crimes de pedofilia na internet
Polícia Federal realizou operação em 54 cidades de nove estados.
No Paraná, dois homens foram presos por porte de material pornográfico de crianças".

"“Polícia da Espanha prende 56 suspeitos de pedofilia
A Polícia Nacional da Espanha prendeu 56 homens suspeitos de distribuir material de abusos sexuais graves contra crianças por meio da internet nesta quinta-feira (10). As informações são da agência EFE.

De acordo com as autoridades, a maioria dos detidos eram homens com idades entre 40 e 60 anos. Alguns deles já haviam sido presos pelo mesmo crime. As investigações apontam que os criminosos usavam o sistema Peer to Peer para trocar o conteúdo.

A polícia deteve diversos computadores, mais de 173 discos rígidos e 614 CDs e DVD com fotos de crianças em situação de abuso. No total, a investigação durou um ano e meio, sendo uma das maiores operações contra pornografia infantil já feitas pelo país.
Fonte: NOTICIAS AO MINUTO
10/11/2016

VAMOS PROTEGER NOSSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES DOS PEDÓFILOS.

Pedagoga Gina Miuki Mikawa Barreto.