Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quinta-feira, novembro 10, 2016

José Eugênio e Milena Diniz se casam no Castelo de Itaipava




















Por: Paulo Sérgio

"Você apareceu em minha vida
de um jeito todo especial,
não pensei que seria assim tão bom,
sem querer mudou todo o meu jeito de ser,
me mostrou que o amor
é bem mais do que palavras,
é cuidar,
é zelar,
é respeitar,
é fazer um ao outro feliz;


Você chegou na hora certa,
no lugar e no tempo escolhidos por Deus; 


como é bom olhar pra você,
contemplar toda a sua beleza,
sentir todo o amor que você tem para me oferecer;


como é bom saber que o autor da vida te escolheu pra mim
mesmo antes de você nascer,
te desenhou com muito carinho
e embaixo assinou meu nome".


Não existe melhor definição de amor que é capaz de unir um homem e uma mulher pelos laços matrimoniais do que o texto transcrito acima. 

E foi baseado nesta definição de amor puro, sincero e verdadeiro que aconteceu ontem, dia 09 de novembro do ano em curso, nas dependências do Castelo de Itaipava, na cidade de Petrópolis no Rio de Janeiro, a cerimônia do enlace matrimonial dos jovens, José Eugênio e Milena Diniz na presença de seus familiares e convidados.

O casamento desses dois jovens, nos remetem a reflexão do primeiro matrimônio acontecido no mundo, registrado na Bíblia Sagrada, no Livro de Gênesis, capítulo 2, a partir do versículo 18: 

"E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.

Então o SENHOR Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar;

E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne".

No último parágrafo do texto bíblico transcrito, nos deixa claro, que uma união conjugal entre um homem e uma mulher é de tamanha magnitude, que é o único relacionamento entre o sexo masculino e feminino que os transformam em uma só carne

Nenhum outro tipo de relacionamento no mundo, consegue transformar duas pessoas de sexo opostos em uma só carne.

Tanto no Velho Testamento como no Novo Testamento as Escrituras Sagradas, dão uma importância especial a união conjugal entre um homem e uma mulher.

"Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;

Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.

De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.

Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.

Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;

Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.

Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne.

Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." EFÉSIOS 5: 22 a 33.

Para concluir a nossa singela homenagem ao novo casal que dará origem a uma nova família, eu e minha amada esposa Gina Miuki Mikawa Barreto, rogamos a Deus que essa abençoada união seja blindada com a sua infinita bênção e proteção até que a morte os separem. 
Só gente bonita no Castelo de Itaipava !































































 
 














Nenhum comentário: