Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sexta-feira, outubro 21, 2016

NÃO SE HOMENAGEIA QUE JÁ MORREU, SÓ SE DEVE HOMENAGEAR QUEM ESTÁ VIVO



Educadora Estela Borges e seu irmão Vital, na cerimônia de entrega do "Prêmio Nacional Educadora Estela Noemy Borges" do Concurso Nacional de Redação para Educadores Brasil 2015", no interior da Câmara Municipal de Araguaína - Tocantins. 

“NÃO SE HOMENAGEIA QUE JÁ MORREU, SÓ SE DEVE HOMENAGEAR QUEM ESTÁ VIVO”. 

Por isso mesmo foi que criamos esse importante prêmio para homenagear a Educadora Estela Noemy Borges em vida, pelo que ela representa na implantação da Educação no município de Parauapebas, estado do Pará, quando a mesma implantou a Educação de Ensino Fundamental neste município paraense em 1982, quando ainda não existia nenhuma instituição de ensino pública ou privada para atender a demanda de clientela em idade escolar, criando a ESCOLA EURIDES SANTANA, cujo nome é uma homenagem a sua avó que falecera àquele ano, que em vida, dedicara parte do seu tempo a educação infantil de forma voluntária.

A Educadora Estela Noemy Borges abortou seu sonho de tornar-se uma grande empresária no ramo de confecção naquela região nos tempos áureos do garimpo de Serra Pelada, para investir de forma voluntária na educação de crianças em idade escolar, transformando a sua casa em uma modesta escola, para atender àqueles seres inocentes e indefesos, sem nenhum ônus para seus pais ou responsáveis, conduzindo-os ao caminho do Saber, ensinando-lhes as primeiras letras do nosso alfabeto, dando início desta forma, a instalação definitiva do Sistema de Educação Continuada, na então corruptela pertencente ao município de Marabá, o que é hoje o município de Parauapebas, que oferece além dos cursos de Ensino Médio, como diversos cursos de nível universitário. 

Por tudo isso, é que a Educadora Estela Noemy Borges mereceu ter o seu nome imortalizado na criação desse "PRÊMIO NACIONAL “EDUCADORA ESTELA NOEMY BORGES", por iniciativa nossa através do nosso Blog, já que nenhum gestor público daquele município e nem uma autoridade educacional daquele estado paraense lhe prestara nenhuma homenagem ao longo dos anos que ela dedicou parte de sua vida a Educação parauapebense e paraense, em reconhecimento ao seu grande feito de ser a fundadora da Educação naquele município paraense na década de 80, decidimos materializar esta homenagem através da criação de um concurso a nível nacional batizando-o com o seu próprio nome. 

Valter Desiderio Barreto – Comendador, e servo do Senhor e Salvador Jesus Cristo. 

Igreja viva do Deus Todo Poderoso.

21 de outubro de 2016. 

Em trânsito com destino a Barretos, São Paulo.

Um comentário:

silva disse...

MERECIDÍSSIMO ESSA HOMENAGEM A DONA ESTELA, MINHA PRIMEIRA PROFESSORA AQUI EM TÃO NO ANO DE 1982 NA ESCOLA EURIDE SANTANA, A ESCOLA ERA NA SUA PRÓPRIA CASA, EU ME LEMBRO COMO SE FOSSE HJ SAIA DE CASA UM O7:00 HR DA MANHÃ COM UM CADERNINHO UM LÁPIS E UMA BORRACHA ISSO TUDO DENTRO DE UM SAQUINHO DE ACUÇAR PARA NÃO MOLHA OS MATERIAIS PORQUE CHOVIA O DIA E A NOITE TODA, ANDAVA UNS 6 KM SOZINHO E DEUS NA COMPANHIA MAS SOU MUITO GRATO A VC QUE JÁ FOI MINHA PROFESSORA UM DIA. OBG POR TUDO DONA ESTELA, QUE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO SEMPRE ILUMINE O SEUS CAMINHOS E AMIGOS E FAMILIARES, UM ABRAÇÃOOOO.... HÉLIO PARAUAPEBAS....