Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sábado, outubro 22, 2016

Crivella diz que foi forçado a entrar na política pela Igreja Universal

No vídeo postado no Youtube em 2014, ele disse que "foi enviado para a política e aceitou porque não teve opção"

Política ou vai, ou vai Há 12 Horas POR Notícias Ao Minuto
Crivella diz que foi forçado a entrar na política pela Igreja Universal
© Reprodução / Youtube

Em um encontro de pastores provavelmente em 2011, o candidato do PRB à prefeitura do Rio, deu uma declaração que veio à tona nos últimos dias. 

Ele afirmou que entrou na política por ter sido obrigado pela Igreja Universal, não por vontade própria. 

Crivella se tornou senador em 2002 e desde então é licenciado do papel de Bispo para desenvolver a atuação política.

No vídeo postado no Youtube em 2014, ele disse que "foi enviado para a política e aceitou porque não teve opção". 

Ele declarou que na época "ficou triste e não entedia como alguém tiraria um filho do altar para a política".

Por fim ele acrescentou que depois de eleito percebeu a importância da nova missão e viu que “estava equivocado”.

Obrigado ou não, Crivella, que é sobrinho do funador da IURD, Edir Macedo, já tem uma trajetória na política. 

Ele está em sua terceira campanha municipal, já teve duas para o governo do Estado e possui mandado de senador até 2019. 

Há poucos dias ele declarou que "não haverá qualquer interferência, como nunca teve no Senado Federal”.

Porém, de acordo com o Jornal O Globo, desde o início de seu primeiro mandato como senador, Crivella afirmou ter atuado como uma espécie de embaixador da Universal e de outras siglas religiosas fora do Brasil. 

Ao ser questionado o candidato disse que não vai mais comentar nenhum assunto que não seja municipal.

Nenhum comentário: