Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, setembro 28, 2016

Tocantins tem 22 municípios em situação de emergência pela seca

28/09/2016 12h51 - Atualizado em 28/09/2016 12h54

Oito pediram ajuda federal para manter abastecimento humano.
Cidades são monitoradas pela Defesa Civil Estadual.

Do G1 TO
Homem caminha no leito de rio no município de Ipueiras (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Homem caminha no leito de rio no município de Ipueiras (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
 

A chuva chegou há alguns dias para dar uma pausa na estiagem, mas 22 municípios do Tocantins continuam sofrendo com a seca e decretaram situação de emergência. 

A maioria fica na região sudeste do estado

Oito cidades pediram recursos federais para garantir o abastecimento humano com caminhões-pipa.

A Defesa Civil Estadual está acompanhando a situação dos municípios. 

 "Os que não deram entrada solicitando ajuda federal estão fazendo a distribuição de água para consumo humano com recursos próprios. 

A Defesa Civil tem acompanhado os municípios para ver o que eles estão precisando", informou o diretor executivo da Defesa Civil, Diogenes Madeira.

Os municípios que pediram ajuda federal foram Porto Alegre do Tocantins, Santa Rosa do Tocantins, Taípas, Paranã, Jaú do Tocantins, Arraias, Conceição do Tocantins e Xambioá.

Municípios em situação de emergÊncia
Porto Alegre do Tocantins Taípas Paranã Santa Rosa do Tocantins
Jaú do Tocantins Arraias Conceição do Tocantins Xambioá
Almas Aurora do Tocantins Chapada de Natividade Combinado
Couto Magalhães Dianópolis Lavandeira Monte do Carmo
Natividade Novo Alegre do Tocantins Palmeirópolis Pindorama
São Salvador São Valério da Natividade


Chuvas
 

A chuva que amenizou o calor no Tocantins nos últimos dias pode durar até o final da semana, segundo o meteorologista e professor da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), José Luiz Cabral Junior. 

Apesar da previsão, o especialista lembra que ainda não estamos no período chuvoso.
De acordo com Cabral, é comum a ocorrência de pancadas de chuva em setembro, caracterizado como o mês de transição entre as estações de estiagem e chuvoso no estado. 

“Neste mês o começo das chuvas é normal, contudo os eventos dos últimos quatro dias estão associados ao fenômeno atmosférico transitório, que é característico do nosso clima e se trata de um evento precoce."

Segundo a universidade, o período chuvoso começa na primeira quinzena de outubro.

Nenhum comentário: