Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sábado, setembro 17, 2016

De pai pra filho: Patrimônio de Helder mais que duplica


 
20 de agosto de 2014
Jader Helder 
O patrimônio declarado do candidato do PMDB ao governo do Estado, Helder Barbalho, 35, mais do que duplicou no período em que o mesmo foi prefeito do município de Ananindeua pela segunda vez, entre 1º de janeiro de 2009 e 31 de dezembro de 2012, e nos 18 meses (de janeiro de 2013 a junho de 2014) quando estava desempregado de cargos públicos e exerceu única e exclusivamente a função de radialista na Rádio Clube do Pará, de propriedade de sua família.

Em 2008, quando apresentou declaração de bens à Justiça eleitoral para concorrer à reeleição a prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho tinha um patrimônio declarado de exatos R$ 825.842,00. 

Em junho de 2014, quando apresentou nova declaração de bens à Justiça eleitoral para concorrer ao governo do Estado, o patrimônio do filho do honesto senador Jader Barbalho havia pulado para estratosféricos R$ 2.337.676,77.

É o que mostram as declarações de bens e rendimentos apresentadas por Helder Barbalho à Justiça eleitoral para se credenciar como candidato a cargos eletivos. 

Vou repetir: – Se em 2008, quando foi candidato à reeleição a prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho tinha um patrimônio declarado de exatos R$ 825.842,00, em 2014 este patrimônio saltou para exatos R$ 2.337.676,77.

A principal alteração no patrimônio de Helder Barbalho entre as eleições de 2008 e 2014 – depois de seu segundo mandato como prefeito de Ananindeua – foi a aquisição de uma mansão no residencial Lago Azul, por R$ 1.332.361,00. 

A mansão suntuosa, de seis suítes, com piscina, foi declarada à Justiça eleitoral este ano como “Benfeitoria do imóvel Lagoa Azul – Ananindeua”.

Especialistas do ramo imobiliário paraense, porém, estimam que uma mansão como a de Helder Barbalho no Lago Azul vale no mínimo R$ 4 milhões. 

Trocando em miúdos, o ex-prefeito de Ananindeua subavaliou sua mansão na declaração de bens entregue à Justiça.

Como prefeito de Ananindeua, entre 1º de janeiro de 2009 e 31 de dezembro de 2012, Helder Barbalho fez jus a um salário de aproximadamente R$ 12 mil mensais, brutos (este continua sendo o salário do atual prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro).

Se tivesse economizado todos os 48 salários mensais – em seus quatro anos como prefeito -, mais 13º salários, férias e diárias, sem gastar um real sequer com água, luz, alimentação, transporte, saúde, educação, combustível, vestuário e etc… Helder Barbalho não teria acumulado no período nem R$ 800 mil.

Então, como explicar que tenha comprado após sair da prefeitura de Ananindeua uma luxuosa mansão por mais de R$ 1,3 milhão? 

Com a resposta, como dever, o candidato Helder Zahluth Barbalho.

Ronaldo Brasiliense – O Liberal

Um comentário:

Mario Cesar da Silva . disse...

Bravo ! Até que enfim apareceu um jornalista corajoso para desmascarar essa quadrilha do PMDB aqui do Pará ! Por isso que você faz a diferença como o grande jornalista que você é aqui em Parauapebas e no resto do Brasil meu amigo Valter ! Graças a você que Parauapebas está conhecendo a vida pregressa dos aliados do mentiroso e trapaceiro Darci que infelizmente foi prefeito de nossa cidade por oito anos. Eu estou acompanhando todas as matérias do seu blog que mostra como foi o governo desse mentiroso que veio lá da caixa prego para nos enganar aqui em Parauapebas por duas vezes como prefeito e agora quer voltar de novo, depois que foi embora pra Bahia, passou mais de três anos lá gastando o dinheiro que ele roubou aqui de nós e agora volta com a cara lambida dizendo que vai dar oportunidade pra todo mundo. Porque ele não investiu os 10 milhões de reais que a justiça federal bloqueou dele aqui em Parauapebas, se ele tivesse investido aqui mesmo sendo roubado e depois a justiça punisse ele, mas pelo menos ele estava dando prova que gostava de nossa cidade e do seu povo. Como é que ele agora fala em dar oportunidade para todos se ele quando terminou o mandato fugiu daqui para a Bahia para investir lá e não aqui. E a covardia que ele fez com você lhe deixando em situação difícil com a justiça eleitoral depois que ele se serviu do seu jornal para publicar as coisas do governo dele e na hora que você precisou dele para pagar a multa do Tribunal Eleitoral por você ajudar o governo dele ele lhe deu as costas e deixou você sozinho. Se ele não considerou você que trabalhava no governo dele vai considerar nós moradores daqui ? Ele tem que se misturar é com o grupo do Jader Barbalho mesmo que são sujos aqui no estado pelos processos que eles respondem na justiça por tantas irregularidades e roubos que eles praticam quando estão em algum cargo público. Se esse Darci fosse um homem sério e honesto ia se unir a esse grupo que só aparece aqui em nossa cidade no tempo de campanha política. Você está desmascarando eles todos amigo jornalista, e pode ter certeza ele vai passar a maior vergonha no dia dois de outubro porque o povo vai votar é no seu Valmir que foi o único prefeito que respeitou o povo de nossa cidade, os outros que governou Parauapebas só pensaram neles, só roubaram o dinheiro da prefeitura e enricaram, inclusive os vereadores que ficaram o lado deles todos enricaram com o nosso dinheiro, por isso que o dinheiro que entra na prefeitura não dá pra nada, porque eles desviaram tudo. Igual os vereadores de hoje que acompanha o nosso prefeito Valmir que era oposição antes e depois que pressionou e ameaçou tanto o nosso prefeito que ele se sentiu obrigado a ceder o que eles queriam. Mas o prefeito Valmir vai se reeleger e eles vão ficar pra trás. Eu estou tirando cópia de todas suas matérias que você publica no seu blog sobre o Darci e estou distribuindo com meus amigos e meus vizinho. Meu voto e da minha família é do seu Valmir desde a primeira eleição dele. Pra finalizar amigo Jornalista quero dizer que esse mentiroso do Darci vai voltar pra Bahia depois do dia dois porque ele não se eleger não, quem vai se eleger é o nosso prefeito Valmir Queiroz. Mario Cesar da Silva Nascimento