Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quinta-feira, junho 30, 2016

Juiz Líbio da Comarca de Parauapebas diz em cerimônia de posse dos novos guardas municipais que servidor público é um sacerdócio.



Na cerimônia de posse dos novos guardas municipais que aconteceu nesta manhã de quinta feira, além do discurso do prefeito Valmir Queiroz Mariano felicitando e dando boas vindas aos novos agentes que conquistaram vagas no serviço público municipal entrando pela porta da frente através do concurso público oferecido pela administração pública municipal, as demais autoridades presentes, também fizeram seus discurso, felicitando os novos integrantes da Guarda Municipal do Município de Parauapebas.

Mas com certeza o discurso que mais chamou a atenção foi o do Juiz Líbio de Araújo Moura, titular da Vara Penal do município. 

Ao fazer suas considerações sobre os esforços que cada um daqueles novos guardas municipais fizera para ingressar no serviço público municipal, parabenizando-os a todos pela decisão que tomaram, o Juiz Líbio foi enfático quando afirmara que eles agora não eram apenas guardas municipais, e sim servidores públicos que estavam sendo oficialmente e legalmente empossados naquela função. 

Inclusive fez uma observação que antes deles se tornarem guardas municipais, eles eram conhecidos na comunidade como filho da D. Fulana de tal, mas agora eles passariam a ser conhecidos como o guarda municipal filho da D. fulana de tal. 

Assim como ele, que antes de ter se tornado Juiz de Direito, era conhecido como o filho da D. fulana de tal, mas agora ele é conhecido como o juiz, filho da D. fulana de tal.

O que ele, juiz Líbio estava querendo dizer com isso ? 

Que a partir de agora, eles carregavam sobre si o grande peso da responsabilidade de terem se tornado um servidor público, e que como servidor público, passaria a servir o público com competência, responsabilidade e dedicação. 

Porque naquele momento, eles estavam tomando posse oficialmente da função no serviço público para a qual eles passaram noites e dias se preparando para esta finalidade, mas que havia uma diferença muito grande entre eles estarem tomando posse no cargo de guarda municipal no serviço público e se apropriarem da função de servidor público. 

Porque a diferença entre tomar posse no cargo e se apropriar, é que o primeiro  é ser investido no cargo, e o segundo, a se tornar dono, proprietário do cargo.

Segundo o Juiz Líbio Moura, quem é proprietário de qualquer cargo do serviço público está bem lá atrás, é o povo. 

E é a esse povo, que todos nós servidores públicos devemos prestar contas todos os dias, e dar-lhe satisfações dos nossos atos, porque é ele, o povo, que paga os nossos salários, e é a ele, o povo, que devemos muito respeito. 

Diferentemente de um grupo de servidores públicos municipal de Parauapebas, que no dia 07 de junho do ano em curso, invadiram a Câmara Municipal de Vereadores, com palavras de ordem, parecendo um rebanho de jumentos no cio, em plena sessão ordinária, gritando "RESPEITEM OS SERVIDORES", sem um pingo de respeito pelas pessoas que estavam ali para acompanharem os trabalhos dos vereadores a favor da população parauapebense que os elegeram para representá-la. 

O ilustríssimo Juiz Líbio de Araújo Moura merece nossos aplausos pela sua postura e dignidade como um grande representante do serviço público brasileiro. 

Texto e fotos do jornalista Valter Desiderio Barreto.




























































































































Nenhum comentário: