Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sábado, junho 11, 2016

Assessor de Temer no Planalto recebe pelo PMDB

Ex-secretário-geral da Câmara está na folha de pagamentos do partido com salário de R$ 17 mil

RICARDO DELLA COLETTA
10/06/2016 - 17h45 - 
 
Ex-secretário-geral da Câmara, Mozart Vianna (Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados)


Um dos mais próximos assessores do presidente interino Michel Temer, o ex-secretário-geral da Câmara Mozart Vianna de Paiva recebe como funcionário do PMDB. 

Desde outubro, Mozart tem remuneração bruta de R$ 17 mil pela sigla. 

Mozart despacha diariamente no 3º andar do Palácio do Planalto e tem como função auxiliar Temer. 

O pagamento via direção nacional da legenda é uma fórmula para superar o teto constitucional, uma vez que Mozart é aposentado pela Câmara e já recebe o limite do funcionalismo público, de R$ 33 mil.

Procurado, ele disse que exerce a função no Planalto “no pressuposto de que está tudo correto”.

Já a Presidência da República afirmou que o vínculo do ex-secretário-geral da Câmara está amparado em norma interna que estabelece os “conceitos, diretrizes, regime jurídico-administrativo e procedimentos relativos aos agentes honoríficos e outros agentes colaboradores convocados, designados ou nomeados, no âmbito da Presidência da República, para exercer função ou atividade voluntária, cujo apoio e/ou provimento dos meios administrativos esteja sob a responsabilidade da Secretaria de Administração”.


COMENTÁRIO:

Quem é que não enriquece da noite para o dia ganhando altos salários como presente de poder público e de siglas partidárias brasileiras ?


Valter Desiderio Barreto. 

Nenhum comentário: